Associação de Amigos no Combate ao Câncer


Prevenção do Câncer

 

O Instituto Nacional de Câncer (INCA) estima que no ano de 2012 ocorrerão no Brasil cerca de 518.510 novos casos de câncer, sendo 257.870novos casos para o sexo masculino e 260.640 para o sexo feminino.

Os cânceres mais incidentes serão: o câncer de pele (113 mil novos casos, excetuando-se o melanoma), seguidos do câncer de próstata (60.180), tumors de mama feminino (52.680), traqueia, brônquio e pulmão (27.320), cólon e reto (30.140) , estômago (20.090) e colo do útero (4.520), distribuição semelhante ao do resto do mundo. 

Prevenção

Prevenção é definida como a redução da mortalidade causada pelo câncer por meio da redução na incidência de câncer. Pode ser realizada pela mudança no estilo de vida e exposições ambientais, e pelo tratamento bem sucedido de lesões pré-cancerígenas.

O achado mais consistente, após décadas de estudo, foi a forte associação do tabaco e cânceres em várias localidades. Outros exemplos de fatores de risco modificáveis para câncer incluem o consumo de álcool (associado com um risco aumentado para câncer de boca, esôfago e outros), sedentarismo (associado com aumento do risco para câncer de intestino, mama e possivelmente outros cânceres) e a obesidade (associado com câncer de intestino, mama, endométrio, e possivelmente outros). Portanto, evitar o consumo excessivo de álcool, o sedentarismo, o tabagismo e manter o peso corporal recomendado contribui para a redução do risco de certos tipos de câncer. Outros fatores de estilo de vida e ambientais reconhecidos por afetar o risco de câncer incluem certas práticas de relação sexual e reprodutiva, uso de estrógenos, exposição à radiação ionizante e radiação ultravioleta, certos produtos químicos, e agentes infecciosos.

Estudos demonstraram uma relação dos alimentos e nutrientes ingeridos com muitos tipos de câncer. O consumo de frutas e vegetais foram associados com uma redução do risco de variados tipos de câncer. Mas ainda não se conhece que componente específico das frutas e vegetal é responsável por essas associações observadas. Por outro lado, o consumo de carne vermelha e a ingestão inadequada de ácido fólico, tem sido associados com um risco aumentado de câncer de intestino.

A quimioprevenção é o uso de substâncias sintéticas ou naturais para reduzir o risco de câncer. Inúmeros estudos tem sido feito em busca desses agentes, já apresentando drogas promissoras, como o uso do tamoxifeno para reduzir o risco de câncer de mama em mulheres de alto risco, os inibidores da COX-2 (antiinflamatórios seletivos) para reduzir o risco de câncer de intestino e a finasterida para reduzir o risco de câncer de próstata. Outras medidas já bem estabelecidas incluem a vacinação para o vírus da hepatite B (para prevenção de câncer hepático) e o tratamento da infecção pelo Helicobacter pylori (bactéria cuja infecção aumenta o risco de câncer de estômago).

Testes genéticos para pessoas de alto risco, com conseqüente aumento da vigilância ou cirurgia profilática para os testes positivos, já são disponíveis para certos tipos de câncer, incluindo câncer de mama e de intestino.

Grandes esforços têm sido feitos em busca de vacinas para a prevenção de infecções por agentes oncogênicos (como por exemplo, o vírus do HPV, cuja infecção predispõe ao câncer do colo do útero) e de terapia genética para pessoas com mutações genéticas que as colocam em alto risco para o desenvolvimento de câncer.

Homens e mulheres de 50 anos para cima estão sendo encorajados pela Sociedade Americana do Câncer (ACS, na sigla em inglês) a fazer o exame do câncer colorretal ou câncer de cólon. Exames regulares, segundo a organização, podem ajudar a salvar vidas.

Segundo a sociedade, a prevenção tem ajudado a reduzir mortes provocadas pela doença. Nas duas últimas décadas, as taxas de câncer colorretal diminuíram, em parte porque a doença foi detectada no início e por causa da remoção de pólipos pré-cancerígenos. Mas segundo a (ACS), somente metade da população americana com 50 anos ou mais fez os testes.

Contate-nos. Estamos ao seu dispor para responder às suas dúvidas.



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!